Trabalhos 2016

Escola Básica de Santa Catarina (Caldas da Rainha)

Escalão 2 - escolas de outros níveis de ensino a partir do 2º ciclo (inclusive)

Fotografias:

3.º passo – construção da estrutura com rede de galinheiro.
4.º passo – revestimento com recortes de revistas.
5.º passo – limpeza e recorte das embalagens da Compal.
6.º passo – acabamento dos frutos com aplicação dos recortes das embalagens. <br/>7.º passo – união dos vários elementos.
Detalhe do fruto onde é visível a embalagem da Compal e o símbolo FSC®.
Fotografia do grupo de trabalho - Clube Alerta Verde

Memória Descritiva:

CEREJAS
Processo de construção do fruto
Materiais:
Embalagens Tetra Pack da Compal; rede de galinheiro; revistas; cola celulósica; cola termo fusível; arame; tesouras; alicates e cartão.
Metodologias:
1.º passo – Pesquisa dos frutos utilizados nos sumos da Compal.
2.º passo – Seleção da cereja e recolha de informação sobre o fruto.
3.º passo – construção da estrutura com rede de galinheiro.
4.º passo – revestimento com recortes de revistas.
5.º passo – limpeza e recorte das embalagens da Compal.
6.º passo – acabamento dos frutos com aplicação dos recortes das embalagens.
7.º passo – união dos vários elementos.
Intervenientes:Alunos que frequentam o Clube Alerta Verde:
Joana Alves . 5.ºA
Maria Madalena . 5.ºA
Daniela Costa . 5.ºC
Catarina Querido . 6.ºA
Cinderela Silva . 6.ºA
Lara Lourenço . 6.ºA
Lúcia Jorge . 6.ºA
Luciana Madaleno . 6.ºA
Tatiana Ruivo . 6.ºA
Tatiana Paulo . 6.ºA
Ana Rita Simões . 6.ºB
Beatriz Fialho . 6.ºB
Lara Higino . 6.ºB
Ana Beatriz Rodrigues . 6.ºC
Inês Rosário . 6.ºC
Maria Inês Rogério . 6.ºC
Maria Mendes . 6.ºC
Descrição do fruto
Origem:
A cereja é um fruto da cerejeira e é originária da Ásia.
Modo de produção:
O cultivo da cereja deve ser realizado em temperaturas baixas, por isso a cerejeira foi transportada para a Europa onde se desenvolveu bastante.
Características:
A cereja é um fruto pequeno, com mais ou menos 2 cm de diâmetro, tem formato redondo e cor vermelha.
É carnuda e sumarenta e suave ao paladar.
Existem mais de 1000 variedades de cerejas no mundo. As variedades amargas são menores do que as mais doces.
As cerejeiras produzem frutas e oferecem madeira nobre.
Benefícios nutricionais:
A cereja possui as vitaminas A, B1, B2, B5 e C.
Além de conter potássio, possui também fósforo, sódio, cálcio, enxofre, silício, magnésio, cloro, ferro, proteínas, amidos e açúcares.
Ao ser consumida, esta fruta pode provocar diurese e efeitos laxantes. Porém, ao ser ingerida em grandes quantidades pode desencadear distúrbios no estômago. A cereja ao natural tem 97 calorias e a em calda, 252 calorias.
Possibilidades de utilização:
Pode ser consumida na forma de conservas, compotas e licores ou como ingrediente de doces. As cerejas amargas, são mais nutritivas do que as cerejas doces e mais usadas na doçaria. É também muito apreciada como enfeite de sobremesas e bebidas. No Japão utilizam com frequência a flor da cerejeira com fins decorativos. Os adeptos das medicinas alternativas usam o fruto para tratamento de algumas doenças, como por exemplo a gota. Tem propriedades anti-inflamatórias que podem reduzir o inchaço e as dores causadas pela doença. Outras pesquisas também indicam que, talvez, as cerejas amargas ajudem a aliviar os sintomas da artrite.